out 022010
 

Blz? Tem alguns meses que contratei um serviço 3G, no caso depois de muita pesquisa pra mim ficou uma ótima relação custo beneficio um Tim Web 3G 300k por R$ 59,90. De fato não é a melhor velocidade, porém  para funcionar como Internet Móvel de Final de semana, no interior do Ceará é razoável 😉 não é o tema deste post, por isso vamos pular os detalhes.

Fato quando adquiri o tal plano, foi oferecido um modem 3G Onda[1], achei o máximo já que o mesmo era desbloqueado, porém como eu não entendia nada do assunto e ainda mais para rodar no Linux, comecei a ter alguns causos complicados, por exemplo: Continue reading »

fev 072009
 

Blz!

Mais uma vez, tentando retornar do mundo offline,  hoje foi adicionada a nova versão do BoUML[1], e como de costume, gerei mais um pacote da mesma para o slackware 12.2, a qual inclusive já encontra-se disponível no site oficial 😉

BoUML é uma ferramenta de Modelagem UML livre (Software Livre) disponibilizada para MacOS, MS-Windows e Linux (em diversas distribuições).

Referências:

  1. http://bouml.free.fr
  2. http://bouml.dukitan.com
  3. http://fztech.dukitan.com/?tag=bouml
jan 122009
 

Blz!

Depois de muito tempo offline, estou retornando (aos poucos), para inicio, ontem foi adicianda a nova versão do BoUML[1], e como de costume, gerei mais um pacote da mesma para o slackware 12.2, a qual inclusive já encontra-se disponivel no site oficial 😉

BoUML é uma ferramenta de Modelagem UML livre (Software Livre) disponibilizada para MacOS, MS-Windows e Linux (em diversas distribuições).

Referências:

  1. http://bouml.free.fr
  2. http://bouml.dukitan.com
  3. http://fztech.dukitan.com/?tag=bouml
nov 162008
 

Blz! To meio off (doente, com dor de cabeça, febre e etc)

Mas consegui terminar de compilar e disponibilizar o BoUML[1] 4.8.3 para Slackware (12.1) na verdade acabou de ser lançado, ontem eu havia compilado a versão 4.8.2 e quando vou coloca-la no ar, sai a 4.8.3 :\, bem pelo menos deu tempo de colocar a mais atual, saindo do forno sendo uma das primeiras distros a ter a nova versão 😉

BoUML é uma ferramenta de Modelagem UML livre (Software Livre) disponibilizada para MacOS, MS-Windows e Linux (em diversas distribuições).

Observação:
Pode levar alguns dias/horas para que apareça no site do projeto 😉

Referências

  1. http://bouml.free.fr
  2. http://bouml.free.fr/download.html
  3. http://fztech.dukitan.com/?tag=bouml
  4. http://bouml.free.fr/download.html#Slackware
  5. http://downloads.sourceforge.net/pjmoo/bouml-4.8.3-i686-1FZ.tgz
out 152008
 

Blz!

Depois de muito tempo sem postar, resolvi colocar aqui uma dica ótima para quem usa o mencoder, um codificador de vídeos para linux (não me recordo se tem versão para windows), eu usei muito ele, tem algum tempo atrás para codificar videos de filmagens, e hoje acabei me deparando com um problema:

Como enviar vídeos de 40mb para o youtube de forma rápida…“, o tamanho em si não era problema par ao youtube e sim para minha conexão (1024/384kbps) o que tornava o envio algo demorado e chato.

Resolvi então procurar na net algum tutorial, já que não lembrava de cabeça os comandos e perdi o script que havia montado para meu uso. Acontece que acabei achando nos primeiros resultados do google um link para um fórum, onde por coincidência um amigo(do mundo dos Games e Linux – CidoLoco) estava recomendando um tutorial.

Fica aqui a dica de leitura obrigatória para aqueles que estão fazendo filmagens digitais e querem disponibiliza-las no youtube.

Para os apressados, um resumo de como estou fazendo:

mencoder DSCF3861.AVI -ovc xvid -xvidencopts fixed_quant=5
 -oac mp3lame -lameopts br=128 -srate 8000 -o 6edjc_video_03.avi

Desta forma, tive uma grande diminuição do arquivo, o que facilitou e muito o upload, veja:

  • De 33M DSCF3852.AVI para 3,2M 6edjc_video_01.avi
  • De 42M DSCF3860.AVI para 2,1M 6edjc_video_02.avi
  • De 5,1M DSCF3861.AVI para 435K 6edjc_video_03.avi

Ou seja, uma super compressão que resultou em uploads extremamente rápidos e de boa qualidade 🙂

Referências:

http://www.biglinux.com.br/klaos/mencoder.pdf

mar 202008
 

Blz!

Mais uma compilação e empacotamento para Slackware 12.

Como já foi mencionado anteriormente fazem parte do meu ambiente de desenvolvimento em C++ a IDE Codeblocks[1] e a ferramenta de modelagem uml BoUML[2].
Com relação ao CodeBlocks, temos a novidade de uma nova versão, depois de anos sem uma versão estável foi lançado em fevereiro a primeira versão “estável” a 8.02, a qual utiliza o mesmo sistema de versionamento do ubuntu[3], ou seja, “ano.mês”, agora temos de fato uma ótima IDE multiplataforma para desenvolvimento em C++.
Ainda este mês tivemos o lançamento do BoUML 4.2 o qual adicionou suporte não somente a java e c++, temos a disponibilidade de php e python (não teste nessas linguagens).As versões para outros sistemas operacionais ou os releases oficiais podem ser encontrados nos respectivos sites, as versões que eu compilei não fazem parte do release oficial.

Observação:
Com relação ao BoUML a versão para Slackware 12 disponível no site do BoUML é a mantida por mim 😉

Downloads em:

T+!
Vida Longa e Próspera!

———————————————-

Referência
[1]http://www.codeblocks.org
[2]http://bouml.free.fr
[3]http://www.ubuntu.com

dez 042007
 

Depois de muito tempo resolvi aposentar meu velho monitor de guerra (Samsung 17″ SyncMaster 753 DFX[1]), o qual me acompanha desde 2002, foi adquirido com o suor do meu primeiro ano de trabalho, lá no TSE/DF.
Que por sinal funcionou muito bem ao longo desses anos, onde utilizei sem problemas tanto no MS-Windows e nos diversos Linuxs que utilizei. Porém como no trabalho utilizo um LCD (Itautec) e em casa um CRT(Samsung), começava a sentir uma diferença entre as tecnologias, era simplesmente complicado sair do LCD e vim pro velho CRT(a vista ficava estranha), foi ai então que comecei a ver promoções de final de ano de monitores LCD em diversas lojas aqui em Fortaleza, e acabei sendo convencido de que precisava trocar pra poder trabalhar mais confortavelmente, onde acabei comprando um LCD LG Fantasy 19″ L1900J[2].


Agora vou comentar alguns pontos que aprendi com relação a mudança e coisas que devemos tomar cuidado na hora da troca.

Especificações

A primeira coisa que procure foi me informa sobre as especificações que são recomendações hoje.
Na época dos CRT bastava verificar qual a freqüência dos monitores em dadas resoluções, o meu 753DFX rodava a 85hz numa resolução de 1024×768 com 32bits de cores, porém procurando as especificações acabei observando que o comum nos LCD é suportar uma taxa de refresh entre 60hz a 70hz , porém a grande maioria em um LCD de 19″ aceita para funcionar bem a 60hz uma resolução de no máximo 1280×1024, ou seja, a velha idéia de “quanto maior a taxa de atualização melhor” parece que foi deixada de lado e está dando a vez apenas aos 60hz.
Com o meu CRT, eu nunca me preocupe com mais nada além do refresh e quantidade de cores, mas nos LCD, surgiram preocupações com:
  • Entrada de Vídeo, fiquei sabendo que existem alguns monitores que não possuem mais o plug “D-Sub 15 Pinos”, só os novos plugs DVI, que somente as placas de vídeos mais novas possuem suporte, onde a solução neste caso é comprar cabos adaptadores, mas também existe monitores que por padrão vem com suporte aos dois plugs ou o cabo adaptador(o caso do meu LCD).
  • Contraste, pesquisando na Internet descobri que existiam contrastes desde 500:1 até 5000:1, onde na época do CRT isso não preocupava pois pelo que vi o canhão tem uma profundidade de cor muito boa(ou algo assim), e nos LCD é algo que deve-se tomar cuidado, onde o mínimo aceitável deve ser acima de 3000:1, porém descobri que isso não é fácil de garantir, existem divergências entre as informações no site dos fabricantes e nas caixas do produto, por isso cuidado com valores de contrastes muito baixos, aqui vale a regra do “quanto maior melhor”.
  • Brilho, outra dor de cabeça, descobri que monitores LCD são mais brilhosos que os tradicionais CRT e que isso pode incomodar bastante para quem é desenvolvedor ou usa muito software com grande parte da tela com fundo branco, chega a ser cegante, se possível veja o monitor em uso antes de comprar para evitar problemas.
  • Tempo de Resposta, neste quesito quanto menor o tempo de resposta melhor, novamente na Internet foi mencionado que tempo de respostas maiores que 08ms podem provocar efeitos de fantasmas na tela ou lentidão em algumas aplicações em fullscreen (vídeos e jogos), afim de evitar este problema escolha monitores com o tempo de resposta entre 05ms a 02ms.
  • Formato da Tela, com os novos monitores widescreen comecei a ficar na dúvida entre um tradicional 4:3 ou os novíssimos wide, porém fiquei sabendo que quem gosta de jogar(meu caso) deve fugir dos wide, pois muitos jogos não conseguem executar adequadamente neste formato, tendo desde leves distorções ao não funcionamento, onde então para quem quer jogar no PC deve escolher os tradicionais 4:3, pelo menos até que a indústria adapte-se ao novo perfil de monitor e desenvolva de forma exclusiva ou que seja capaz de adaptar o formato do jogo.

Ajustes

Como citei antes, utilizava o meu velho CRT em ambiente Linux, onde hoje é meu sistema operacional em tempo integral, utilizo o slackware 12.0 para jogar, acessar a internet, programar, enviar meus emails e afins.
Até ai normal, o monitor é um periférico antigo e que todo S.O suporta certo? Correto mas o problema é que alguns fabricantes estão fazendo modificações nas interfaces dos monitores onde agora no lugar de termos o bom e velho conjunto de botões para configurar (brilho, contraste, ajustes vertical/horizontal ) é tudo feito via software, e para completar a LG desenvolveu o software apenas para MS-Windows, ou seja, nós usuários de linux além de comprarmos placas que respeitam o consumidor devemos comprar periféricos “básicos” que nos respeitam, e a LG com essa característica bane os usuários de qualquer outro sistema operacional.
O pior é que as configurações default do monitor eram terríveis simplesmente pensei até em ir na loja trocar ou devolver, pois era impossível de trabalhar, mesmo ajustando no Kcontrol(Painel de Controle do KDE) a situação era triste, as letras pareciam que não tinham o antialiasing habilitado, e tudo era simplesmente a configuração de um recurso, resultado tive que tirar a poeira de uma partição para usar o ms-windows só para colocar a configuração básica do monitor em termos mais agradáveis visualmente e fazer os demais ajustes no linux, pelo menos assim funcionou e hoje consigo usar o monitor, ainda tem pouco tempo (só 5 dias) mas ficou muito melhor, ainda me incomodo um pouco com o brilho (muito mais forte que nos CRT) mas pelo que pude observar é coisa normal.

Conclusão

Ao atualizar seu monitor, lembre-se:

  • É uma nova tecnologia, com características particulares e suas limitações;
  • Possivelmente você irá comprar um com mais polegadas, onde conseqüentemente você irá utilizar com uma resolução de trabalho maior, porém as coisas ficaram menores;
  • Terá diferenças perceptíveis entre o velho e o novo, onde você poderá ter dúvida se foi pra melhor ou pior;
  • Deve ficar de olho na compatibilidade com o Sistema Operacional ou então verificar se possuí controle de ajustes manuais(botões nas laterais);
Depois de ficar ciente dessas fatos, acredito que é só questão de costume e curti o novo brinquedo 😉
LCD LG Fantasy 19″ 1900J (Jarro), em 10x de R$78,00 sem juros 😉
Detalhe no pé tem uma luz vermelha que é o indicador de que está ligado (LED) que pode ser ajustado manualmente, este monitor só tem dois botões Liga/Desliga e Controle do LED de funcionamento permitindo até que seja desligado, agora o resto a LG economizou e colocou na porcaria de um software que só funciona para “UM” sistema operacional.

T+!
Vida Longa e Próspera!

———————————————-

Referência
[1]http://www.samsung.com/br/products/monitor/lastmodels/753dfx.asp?page=Specifications
[2]http://br.lge.com/md/product/prodcategorylist.do?actType=detail&parentCategoryId=0000000401&productId=1100001137

nov 242007
 

Blz!

Amigos a pedido do Bruno Pagès(o criado do BoUML[1]) estarei sempre que possível compilando o BoUML para Slackware.

Venho aqui anunciar mais uma compilação, agora para a versão mais atual a 3.3.3, lançada dia 21 de novembro de 2007.

Veja:

T+!
Vida Longa e Próspera!

———————————————-

Referência
[1]http://bouml.free.fr
[2]http://pjmoo.wiki.sourceforge.net/BoUML
[3]http://bouml.free.fr/historic.html
[4]http://bouml.free.fr/documentation.html

out 242007
 

Blz!

Como lancei outro dia o pacote do BoUML para slackware e sempre que vou gerar um novo pacote apanho feito doido, resolvi documentar de forma bem simples os passos que utilizei para o empacotamento.

Sendo assim eles são:

  1. Ir no site do BoUML em http://bouml.free.fr
  2. Baixe o código fonte para linux, algo como “bouml_3.1.tar.gz”
  3. Descompacte o arquivo:

    • tar xvzf bouml_3.1.tar.gz
  4. Entre no diretório criado:
    • cd bouml_3.1
  5. Obtenha acesso como “root”:
    • su
  6. Execute o comando:
    • make
  7. Após a compilação, execute o comando:
    • checkinstall
  8. Preencha com as informações solicitadas. (Ver Figura 1)
  9. Copie o arquivo para um outro diretório:
    • cp bouml-3.1-i386-1FZ.tgz /opt/raiz
  10. Entre no diretório para o qual o arquivo foi copiado:
    • cd /opt/raiz
  11. Execute o comando:
    • explodepkg bouml-3.1-i386-1FZ.tgz
  12. Delete o pacote:
    • rm bouml-3.1-i386-1FZ.tgz
  13. Entre no diretório install:
    • cd /opt/raiz/install
  14. Edite o arquivo “slack-desc”:
    • vim slack-desc (Veja Figura 2)
  15. Retorne para o diretório anterior:
    • cd ..
  16. Execute o comando para empacotar:
    • makepkg bouml-3.1-i386-1FZ.tgz
  17. Responsa “Sim” para a pergunta feita: y
  18. Pronto, um novo arquivo “bouml-3.1-i386-1FZ.tgz”, será criado e estará pronto para o uso em seu slack.
Figuras Anexas

Figura 1: Tela do checkinstall.

Figura 2: Vim com edição da descrição do pacote.

T+!
Vida Longa e Próspera!

———————————————-

Referência
[1] http://davidferreira-fz.blogspot.com/2007/10/bouml-31-para-slackware.html
[2] http://bouml.free.fr
[3] http://pjmoo.wiki.sourceforge.net/BoUML

out 212007
 

Blz!

Faz tempo que não posto nada, então aproveitando a atualização que comecei a fazer no meu ambiente de desenvolvimento, começando pela ferramenta de modelagem UML, chamada “BoUML”, resolvi: compilar, empacotar e disponibilizar mais uma versão da ferramenta de modelagem UML “BoUML”.

O Download está agora disponível no meu novo endereço do projeto PJMOO, em:

Para aqueles que não conhecem o BoUML, irei rápidamente fazer alguns apontamentos:

  • é uma ferramenta livre (Software Livre)
  • disponível para MS-Windows, GNU/Linux(Binários para várias distribuições), Mac.
  • suporta diversas linguagens como: Java, C++, Php
  • customização na geração do código fonte;
  • engenharia reversa (código fonte para o modelo);
  • é possível fazer os principais diagramas da UML
    • Diagrama de Classe;
    • Diagrama de Seqüencia;
    • Diagrama de Caso de Uso com especificação;
    • Diagrama de Colaboração;
    • Diagrama de Objetos;
    • Diagrama de Atividade;
    • Diagrama de Estado;
  • geração de documentação;

E outras características, um ponto que me chamou bastante atenção e fez com que o uso foi o grande suporte a linguagem C++, suportando toda(ou quase toda) suas particularidades como “enum”, “typedefs”, “struct”, “friend” e os tipos STL.

Outro recurso é que você é capaz de controlar a geração do que você modela, por exemplo diversas classes podem ser geradas no mesmo arquivo de header ou você pode informar que não deve ser gerado nenhum arquivo e sim apenas executar o include de algo já definido, como por exemplo quando você usa bibliotecas de terceiros, como no meu caso a SDL.

———————————————-

Referência
[1]http://bouml.free.fr
[2]http://pjmoo.wiki.sourceforge.net
[3]http://bouml.free.fr/screenshots.html
[4]http://sourceforge.net/project/showfiles.php?group_id=198186&package_id=249669&release_id=548582