jun 122010
 
A coordenação do curso de Especialização em Engenharia de Software com Ênfase em Padrões de Software da UECE tem o prazer de convidá-lo para a Defesa de Monografia do aluno David de Almeida Ferreira, intitulada “Catálogo de Padrões para Jogos”. A defesa ocorrerá no dia 14/06/2010 (segunda-feira) a partir das 16:00 no prédio da Pós-graduação e Pesquisa em Computação da UECE. Continue reading »
out 012008
 

Alguma instabilidade e desorganização estão aqui!!!

Estava cada vez mais dificil de manter meus sites e blogs, isso era facilmente notado observando o tempo entre os posts. Com a decisão de liberação do registro de domínio para pessoas físicas, acabei registrando meu próprio domínio http://www.davidferreira.com.br, e algum tempo depois, mais especificamente mês passado resolvi contratar um serviço de hospedagem, acabei escolhendo o UOLHOST, o qual dentre os beneficios dá como brinde a primeira anuidade de um domínio, sendo assim acabei registrando também o domínio http://www.dukitan.com o qual uso o nome/marca DukItan para identidade visual dos softwares que desenvolvi.

Então descupe se as informações nesste site/blog estiver um pouco desorganizada durante os próximos dias, embreve tudo ficará melhor 🙂

abr 192008
 
O projeto PJMOO (Projetando Jogos Multiplataforma com Orientação a Objetos) foi iniciado em meados de 2004, onde tivemos até o momento hospedados no CódigoLivre[1], porém devido alguns fatores técnicos tais como:
  • Suporte ao Controle de versões Subversion – SVN;
  • Maior disponibilidade do site;
Resolvemos mudar para o SourceForge[2], porém gostaríamos de deixar claro que, fomos muito bem recebidos e tratados pela equipe do Código Livre, inclusive tivemos várias de nossas necessidades peculiares supridas, como por exemplo o suporte a mediawiki.
Porém devido ao intenso trabalho que tivemos ao longo dos últimos anos e pela nossa(minha) principal localização ser no nordeste (Fortaleza/CE), enfrentamos diversos problemas para sermos roteados(respondidos) aos(pelos) servidores do CódigoLivre, o que ocasionava algumas vezes a falta de acesso, que chegavam a durar semanas. Na maioria das vezes algumas pessoas de outras regiões/cidades do país conseguiam acessar normalmente. Pela não solução deste problema, resolvemos migrar de servidor para que nosso trabalho não fosse mais prejudico. Sendo assim, anuncio hoje que concluímos a migração do conteúdo das wikis, onde agora nossa wiki é atendida pelo link[3].
Desejamos ao CódigoLivre, sucesso e que o mesmo possa novamente, se restabelecer e oferecer novamente para seus usuário o excelente serviço que nós prestou até alguns meses atrás.
Continuaremos a manter nossa presença no servidor do CódigoLivre, porém apenas como histórico do que fomos até o momento, novos conteúdos não serão replicados ou armazenados em seus servidores. Bem pelo menos não até segunda ordem 😉

PJMOO agora é no SourceForge.net em:

———————————————-

Referência
[1]http://www.codigolivre.org.br
[2]http://www.sourceforge.net
[3]http://pjmoo.wiki.sourceforge.net

fev 262008
 

Blz!

Informo que estou migrando o conteúdo de meus antigos sites pessoais[1] para uma plataforma mais dinâmica e fácil de atualizar, em breve os antigos endereços devem apontar para este blog.

Aqui apresento a vocês um pouco das coisas que eu faço ou fiz, principalmente com relação a meus projetos de Software, além de manter este blog como meu portifolio mantenho um blog mais técnico com besteirol [2] onde relato algumas experiências.

  1. Sites Pessoais
    1. http://davidferreira.sites.uol.com.br
    2. http://davidferreira.fz.googlepages.com
  2. FZ Tech
    1. http://davidferreira-fz.blogspot.com
dez 092007
 

Blz!

Amigos este poste é para falar de como o Governo gosta de gastar tempo e verba com coisas inúteis no lugar de garantir saúde, educação e emprego para os brasileiros.
Esses dias começou a vincular na TV por assinatura um projeto de Lei que quer modificar o conteúdo dos canais pagos, ou seja, querem que 50% do conteúdo seja nacional…
Se pagamos tv por assinatura é justamente pq não queremos mas ver Gugu e Faustão na TV, gostamos dos nossos seriados internacionais, filmes, esportes radicais, viagens pelo mundo, novas descobertas e etc… Ou seja, não queremos ver a mesmice da TV aberta na TV que é CARA para o nosso bolso, caso isso aconteça começo a me questionar se vale a pena gastar tanto para ver o que já temos na TV aberta.
Se os senhores deputados querem que o conteúdo brasileiro tenha mais qualidade, que seja pelo esforço dos produtores e não por empurrar na goela a baixo dos assinantes.
Vale lembrar que mesmo na TV paga temos ótimos programas e filmes nacionais e que foram parar lá pela sua qualidade e não pq deveria cumprir cota.

http://www.liberdadenatv.com.br

dez 032007
 
O grande momento esperado pelas empresas de eletrônicos chegou.
Foi dada a largada para que o trabalhador comece a gastar seu dinheiro em dispositivos de conversão de sinal (set-top-box) para poder sintonizar a TVDigital, e que fique jogando seu dinheiro fora a cada 12 meses… (?)


Assistindo o lançamento da TVDigital na minha tv analógica com chuvisco, ouvi as promessas de que na TVDigital não teremos mais “fantasmas e nem imagem chuviscadas”, bem acredito que, só assim estarei me incluindo novamente como telespectador da Globo e SBT (aqui no meu quarto só pega nesta tristeza – ver imagens), por isso que acabo usando minha TV para assistir a tv paga (tem horas que nem ela presta) ou filmes/seriados, por isso que as vezes fico boiando sobre as notícias/atualidades onde minhas fontes são a Internet ou os comentários dos amigos.

Veja o Lançamento! TV Digital Brasileira
http://br.youtube.com/watch?v=TdpXwVlpr1U
http://br.youtube.com/watch?v=Y0lnZISf6pA

Heheheh, o fato irônico foi ver essa declaração justamente da forma que não deveria acontecer… digo, que não vai mais acontecer, bem pelo menos de acordo com o calendário lá por volta de 2010 ou 2011 vou poder ser perturbado por um Gugu ou Faustão. (Alegria de pobre dura pouco…)

Outro fato curioso é que o ministro (senão me engano) comentou sobre o “Sistema Operacional GINGA[1]”, que até onde todo mundo sabe, menos ele é apenas um middleware[2], onde até o próprio GINGA é definido por muitos como uma incógnita pois o mesmo é dividido em duas partes o GINGA-J[3] e o GINGA-NCL[4].

Alguns pontos interessantes que pude perceber em conversas com amigos e nas leituras:

  • O Ginga que está na mídia não é o middleware e sim um “módulo”, o ginga-ncl que seria, creio eu, mais voltado para os editores de conteúdo e não para o pessoal de desenvolvimento, porém existem coisas que esse “componente/módulo” ainda não é capaz de fazer, e o pior ele só funciona de fato com o ginga “middleware” e este ainda está em desenvolvimento (bem avançado porém não sei dizer se já está apto para os aparelhos).
  • Os primeiros set-top-box, serão conversores de sinal analógico para digital e pelo que se diz apenas isso, talvez nem seja capaz de mostrar a programação ou a sinopse dos programas (como na tv-digital paga), ou seja, comprar um set-top-box agora é jogar dinheiro fora. Ainda mais se você nem morar em São Paulo.
  • O Ginga e diversos outros trabalhos foram financiados com o seu dinheiro. Coisa normal neh? 😉 Porém o governo teve a melhor das intenções e queria criar software que fossem livres, ou seja, que o trabalho produzido pudesse ser utilizado para o aprimoramento e desenvolvimento tecnológico do país, que fosse LIVRE, inclusive no lançamento em rede nacional falou dos benefícios do Software Livre, porém…. o ginga produzido pela PUC-Rio foi recentemente comprado[5] e será licenciado para que possa ser utilizado nos aparelhos produzidos…
Pergunto, para onde irá o Sistema Brasileiro de Televisão Digital? Será que teremos tecnologia própria, de fato livre para permitir o nosso desenvolvimento tecnológico e do mercado, ou simplesmente mandaremos dinheiro para fora do país devido o excesso de royalties e compra de tecnologias que não somos capazes de produzir e compatibilizar… e viva o PAL-M!
Obs.: Pra quem não entendeu PAL-M, creio que o Brasil foi o único (ou um dos), que utilizou e que quando compravamos equipamentos eletrônicos (filmadoras, videocassestes e etc) tínhamos o velho problema de compatibilidade…

T+!
Vida Longa e Próspera!

———————————————-

Referência
[1]http://www.ginga.org.br/
[2]http://pt.wikipedia.org/wiki/Middleware
[3]http://www.lavid.ufpb.br/projetos/p25.html
[4]http://www.ncl.org.br/
[5]http://www.convergenciadigital.com.br/cgi/cgilua.exe/sys/start.htm?infoid=11214&sid=3
[6]http://www1.folha.uol.com.br/folha/dinheiro/ult91u331183.shtml
[7]http://www.convergenciadigital.com.br/cgi/cgilua.exe/sys/start.htm?infoid=11242&sid=8
[8]http://br.youtube.com/watch?v=TdpXwVlpr1U
[9]http://br.youtube.com/watch?v=Y0lnZISf6pA

nov 212007
 

Só pra constar! Depois de Call of Duty 3[1], 25 To Life[2] e Black[3], chegou a vez do Medal of Honor Rising Sun[4], o jogo é composto por 9 missões que vão progressivamente testando seus nervos e pontaria – descobri que sou ruim de mira, minha estatística máxima foi 39% de acertos.

Logo na primeira fase comecei a achar que o jogo era meio sem graça, pois um jogo de “tiro” começava com o jogador dentro de um navio “desarmado”, apenas correndo pra se salvar e usando um extintor para pagar as chamas pelo caminho, após sair do navio começa então um pequeno tiroteio, ou seja, você e seus companheiros atirando nos aviões japoneses.
O próximo ponto que começa a chamar atenção(senão me falha a memória é na segunda missão), é quando você, abordo dentro de um barco(lancha) tem que derrubar a esquadrinha japonesa que ataca (creio que seja Pearl Harbor) a frota americana.

A coisa começa a ficar mesmo complicada quando se chega na terceira missão, ao sair de um comboio na ponte cercado de chamas você é logo pego no fogo cruzado contra os japoneses e tem extermina-los para poder concertar um tanque e sair invadindo a cidade, porém a missão não é tão simples, além de sobreviver ao ataque da orda de japoneses, você tem que escapar dos tiros de um tanque inimigo que aparece repentinamente(não consegui entrar no tanque, aparentemente era possível.) para entrar em um prédio onde pode salvar o jogo e continuar sua missão passando por um estágio de baisebol tomado pelos japoneses, mas seu objetivo nessa missão é tocar o sino da igreja no qual é um sinal para seus aliados detonarem.

Como não tinha pretensão de comentar o jogo, não anotei e nem tenho tudo na cabeça :P, porém apesar de ser de 2003 é um jogo que vale apena ser jogado, o chato é que tem horas que existem muitos quebra-cabeças para serem resolvidos (procurar documentos, quebrar barris de saquê, e muito tiro 😉 regra básica passou na frente atira 😛
Só cuidado para nas missões na selva (a qual começa com você no bote) para não ficar sem munição lá tem muitos inimigos e as balas começam a faltar.

Antes que esqueça, sabe aquele japonês(Tanaka ou é Takana) que lhe ajuda tanto? (em várias missões), pois é, ele tem o pescoço cortado na sua frente.

Última missão, você entrou no porta aviões japonês, abordo de um avião, e você tem como objetivo destruí-lo, nada mais 😉
Ande com cuidado o navio está infestado de marinheiros e muitos possuem espadas, na se assuste ao achar a sala que fica guardado o ouro, assim que você entrar verá tiro pra tudo que é lado e será capturado e interrogado e verá seu amigo (um que aparece de preto em todas as missões) ser espancado, desse ponto em diante o negocio é correr pra sair do porta aviões e embarcar em um avião no convés, porém tem é chão! e muito japona. A última parte acontece quando você está dentro do avião japonês e tem que derrubar os aviões que estão no ar, é tiro que não acaba mais – aparentemente levei tanto tiro, mas mesmo assim meu indicador de life não saiu do verde, então é bom você ir para o convés com o life cheio.

Dicas:

  • Tanques – Eles te acertam se o canhão estiver apontado para você e de longe, próximo eles não disparam;
  • Caixas – Você deve economizar munição, pode quebrar as caixas por meio do golpe de sua arma;
  • Armas – Quando você ver uma arma fixa em algum ponto, cuidado ao pressionar o botão de ação para utiliza-la vai surgir inimigos de todos os lados (na sua frente claro);
  • Mate na Moite – Você pode matar muitos inimigos sem levar tiro, basta atirar de longe antes de acionar as triggers dele. É possível perceber que os inimigos são acionados quando você chega em certas posições, pode pega-los de surpresa atirando antes deles, basta você não sair correndo feito louco.
  • Kamikazes – Cuidado! Samurais e outras criaturas com espada ou facas na arma saem correndo em sua direção, um ou dois golpes é o suficiente pra terminar com sua vida. A melhor arma que achei é a “escopeta” (não lembro o nome correto dela), se eles vinherem correndo e você estiver com outra arma, corra sem dar as costas pra eles e vá descarregando na cara/peito, alguns precisam de diversos tiros para caírem;
  • Life – Sempre que possível volte no caminho na percorrido e complete seu life com itens que deixou para trás, algumas vezes é possível fugir da chuva de balas;
  • Saves – Sempre que você passar por pontos que os “game designer” consideraram críticos(difíceis) irá aparecer um rádio(save) para salvar o jogo, porém as vezes a coisa fica feia antes, então você pode correr um pouco e salvar nos pontos de salvamento anteriores (nada impede de você voltar para a maioria deles)

T+!
Vida Longa e Próspera!

———————————————-

Referência
[1]http://jogos.uol.com.br/analises/playstation3/ult2187u2.jhtm
[2]http://jogos.uol.com.br/playstation2/analises/25tolife.jhtm
[3]http://jogos.uol.com.br/analises/playstation2/ult420u226.jhtm
[4]http://jogos.uol.com.br/playstation2/fichas/mohrisingsun.jhtm

jun 192007
 
Finalmente após minha terceira tentativa de entrar em uma especialização consegui :). As duas tentativas anteriores um curso foi “remodelado”, tirando as disciplinas do meu interesse (Computação Gráfica, Robótica, Inteligência Artificial, Jogos..) e a outra a turma foi cancelada. Como dizem “há males que vem pra bem”, acredito que de todos os cursos que procurei desde agosto de 2006, esse da UECE – Especialização em Engenharia de Software com Ênfase em Padrões[1] é a melhor opção, além do fato de ajudar no dia-a-dia no trabalho e com meus interesses de programação.
Agora é estudar, tentar focar os conhecimentos que serão adquiridos no desenvolvimento dos frameworks GBF e GSW(quem sabe esse retorna a vida), e leva-los também para o lado profissional e ir em busca do título. O maior desafio vai ser como escrever a tal da monografia e o qual será o foco dela, já que minha graduação tinha uma outra forma de avaliação, pois o curso era bem focado nas realidades do mercado, sendo o trabalho final uma análise e o desenvolvimento de um sistema para uma empresa real, ou seja com tudo que temos direito: entrevista, levantamento de requisitos, documentação, modelagem relacional(mysql) e programação web(php).

T+!
Vida Longa e Próspera!

———————————————-

Referência
[1] Especialização em Engenharia de Software – http://ees.pgcomp.uece.br

jun 192007
 

Crise: IV Fórum Cearense de Software Livre

Atuo sempre que possível com as comunidades de Software Livre, e desde o ano passado tive um contato maior com a organização tentando fazer as coisas, no FLISOL de 2007 creio que foi o evento que mais pude colaborar, meio que de última hora, mas foi, e acho que ajudei a construir o evento e saber que as pessoas que foram buscar conhecimento conseguiram graças ao nosso trabalho.

Vamos ao fato, esse ano participei de algumas reuniões do PSL-CE[1] para a organização do ivfcsl, e o que pudemos notar é que dessa vez a coisa ta complicada, as pessoas que sempre lutaram pelo evento, resolveram se afastar devido as discussões infundadas no besteirol e no sentimento de querer aparecer de algumas pessoas, e isso de fato incomoda a comunidade e as pessoas que dão o sangue pela coisa, o que resultou no esvaziamento de interessados em “suportar” o evento, e devido algumas coisas que vi, resolvi também me afastar e deixar de gastar meu tempo e esforço, para poder de fato investi-lo em algo produtivo, ou seja, desenvolver softwares e games!

A preocupação que ficou pra mim de fato é:

    • Será que teremos o fórum?
    • Será que a instituição que nos acolheria terá vontade de nos acolher no futuro?
    • Será que assim a comunidade toma vergonha na cara e passa a ser mais atuante?
    • Será que as pessoas que estão na organização do ivfcsl vão tomar vergonha na cara(não são todas) e de fato fazer as coisas acontecer?

T+!
Vida Longa e Próspera!

———————————————-

Referência
[1] PSL-CE – http://www.psl-ce.softwarelivre.org

maio 102007
 

Blz!

Foi lançada no final de Abril a quarta edição em caracter especial da revista eletronica PDJZine[1], a qual tem como foco o desenvolvimento de jogos.
Nesta edição especial temos um materia falando sobre o Concurso GPC2006 (Game PDJ Contest 2006)[2], o qual foram avaliados diversos jogos/demos da comunidade de diversos níveis divididos em algumas categorias (web, 2d, 3d, mobile), e tive o prazer e honra de voltar mais uma vez a ajudar a comunidade do PDJ. Só pra conhecimento:
Fui durante muito tempo (de 2000 a 2004) ligado, diretamente as comunidades online(PDJ 2000, ArsLudica, PDJ “o retorno” e Unidev), porém foi no ArsLúdica que alguns meses depois passou a ser o PDJ “o retorno”, que pude de fato desempenhar papeis mais participativos e gerenciais, inclusive fui um dos principais administrares, articuladores e desenvolvedores para manter e o sistema online de fórum e portal, além de desenvolver diversas melhores e integrações entre os dois.

Voltando ao assunto, pude nesta segunda edição do concurso, participar junto com amigos de longa data(do inicio das comunidades brasileiras de desenvolvimento de jogos), como jurado e avaliar os jogos na categoria 2D.

Foi uma experiencia muito boa, e tinha realmente alguns demos muito bons, quase prontos para se tornarem jogos de fato, porém faltava detalhes como inimigos, efeitos sonoros, controle de menus e etc, coisas que “contornam” os jogos para os usuários(jogadores) ou que oferecem uma maior imersão na fantasia do jogo, mas que pelo nível dos demos seriam facilmente implementadas.

Espero poder participar do próximo contest ou como jurado ou como competidor 🙂
E com relação a PDJ fiquem ligados, que parece que vem muitas novidades!

[1]PDJZine – http://www.pdj.com.br/pdjzine/
[2]GPC 2006 – http://www.pdj.com.br/forum/viewtopic.php?t=6347