jun 112008
 


Amigos o GDJCE[1] (Grupo de Desenvolvedores de Jogos do Ceará), convida-os para o 2º Encontro de Desenvolvedores de Jogos do Ceará, onde pretendemos dar continuidade e voz a nossa comunidade permitindo que cada vez mais possamos ampliar nossa rede de contatos e a troca de experiência.

Abrindo a proposta desse novo formato teremos no dia 14 de Junho de 2008, nossa segunda reunião, onde teremos:

1.Apresentações Técnicas / Palestras
1.1.Desenvolvimento de Jogos em Rede para Celular
1.2.Jogos para TV Digital, Proposta de Middleware – TuGA Game API

2.Bate-Papo da Comunidade
2.1.Discussões relacionadas a identidade do grupo;
2.2.Metas para o Grupo;
2.3.Formato dos novos encontros e sugestões do local e data para próxima reunião.

Informações:
Dia: 14/06/2008
Horário: 09:00 às 12:00
Local: Unifor[4] – Auditório A2
Endereço: Av. Washington Soares, 1321

T+!
Vida Longa e Próspera!

———————————————-

Referência
[1]http://groups.google.com/group/gdjce
[2]http://davidferreira-fz.blogspot.com/2008/05/1-reuniao-gdjce.html
[3]http://davidferreira-fz.blogspot.com/2008/04/gamedev-flisol-2008.html
[4]http://www.wikimapia.org/#lat=-3.7710995&lon=-38.4811914&z=17&l=9&m=h&v=2

maio 132008
 


Blz?

Amigos pois num é que tive meus 15 segundos de fama 🙂 ou quase, hehehehehe.
Tem algumas semanas que fui indicado por um amigo como uma espécie de referência em desenvolvimento de jogos aqui no ceará(como é que pode, neh?), o que resulto em uma ligação de uma repórter de um dos maiores jornais locais “O Povo”[1].

Onde conversamos sobre diversos tópicos como:

  • Quem desenvolve jogos no brasil e no Ceará
  • Onde as pessoas buscam apoio para iniciar
  • Como são feitos os jogos
  • Que tipos de profissionais estão envolvidos
  • Questões do mercado nacional e local
  • Plataforma de jogos: PC, Console, Celular
Ou seja, foram diversos assuntos que na verdade renderam um pouco mais de 20 minutos de conversa via telefone, onde conversamos inclusive sobre o novo cenário a “TV Digital”, onde falei de algumas características que assim como a mídia televisiva deve adaptar-se para esse novo meio o mesmo deverá ocorrer com os jogos focando neste novo perfil de consumidores os quais talvez a grande maioria nunca pode ter um console em casa, e que agora com os set-top-box aparece uma grande oportunidade tanto para a difusão dos jogos como para o mercado nacional.

Inclusive aproveito a oportunidade, para divulgar que agora na InfoBrasil[2] estarei apresentando um artigo que envolve jogos e a TVDigital, entitulado de “TuGA – Um middleware para Desenvolvimento de Jogos na TV Digital Interativa”, se você estiver por lá e tiver sem nada para fazer, quem sabe não poderia assistir 🙂

Continuando na entrevista tem alguns pontos que discordo um pouco, talvez algum ruído na ligação tenha causado uma impressão diferente do que era na realidade, ou talvez eu esteja interpretando errado, mas gostaria de comentar a passagem:

“Com isso o trabalho ainda é amador, sem profissionais que se voltem para cada etapa da criação”.

Amador não é em questão de qualidade, por sinal existem diversos trabalhos muito bons com uma ótima qualidade, porém deveria ter ficado mais claro que o amador é no sentido de não ganhar a vida com eles, e sim simplesmente pelo prazer de produzi-los. Outro fato é que geralmente quem mais se interessa por desenvolvimento de jogos são programadores o que de fato deixa as outras diversas áreas a desejar ou quando se tem muita sorte encontram-se programadores com dons artísticos quer seja para música, escrita e gráficos (o que não é o meu caso).

Outro detalhe é que de quebra ainda conseguimos divulgar a nossa nova lista GDJ-CE[3] e ainda existem links no portal para baixar dois jogos que fiz o FZPong[4] e o SpaceShooter[5]

T+!
Vida Longa e Próspera!

———————————————-

Referência
[1]http://digital.opovo.com.br/reader2/Default.aspx?pID=13&eID=771&lP=24&rP=25&lT=page
[2]http://www.infobrasil.inf.br/ComoParticiparEventos.aspx
[3]http://groups.google.com/group/gdjce
[4]http://pjmoo.wiki.sourceforge.net/FZPong
[5]http://pjmoo.wiki.sourceforge.net/SpaceShooter

maio 082008
 
Como informei no post anterior[1], realizamos o “1° Encontro de Desenvolvedores de Jogos do Ceará”, onde algumas figuras já conhecidas de longa data estavam por lá, não vou citar os nomes pq se eu esquecer de algum to lascado ;), o importante é que tivemos pessoas de quase todos os locais de fortaleza, do CEFET, UFC, Unifor, FIC, Software Livre e etc.
Lá tivemos uma dinâmica inicial para nos conhecermos melhor e quebrar o gelo entre os participantes, pelo pouco que me lembro, tinha gente que iniciou em vários consoles (atari, master, nes, snes, mega) que tinha jogado cada clássico (alex kid, kid chameleon, mega man, river raid, contra, pac man, enduro, super metroid, mortal kombat, street fighter, final fantasy) ou seja foi muito show relembrar o passado, e exercitar a mente, heheh pois alguns nem lembravam o nome dos jogos, então ficou parecendo aqueles jogos de adivinhação, onde alguém descrevia um pedaço do jogo e o povo ia tentando adivinhar, e quando consegui é uma sessão nostalgia das grandes. (Ei isso pode até gerar uma dinâmica legal para um próximo encontro, tipo aquele jogo “imagem e ação”).
Diversos “causos” interessantes, gente que passou o 3° ano todo jogando determinado jogo em locadora para finalizar um game, ou o pior, quando tava quase alguém detonava o memory card do cara 😛 (sacanagem), infelizmente o nosso encontro foi cortado o tempo foi curto para conversarmos.
Já tava quase esquecendo, tivemos a participação do Bruno do projeto “aperta start” que mostrou o programa piloto para tv união, que além de tratar de games vai desvendar o universo do desenvolvimento dos jogos.
No final, comentamos sobre a criação de uma lista para que pudéssemos interagir, trocar idéias, comentarmos sobre nosso projetos, eventos, ou seja qualquer coisa relacionada a jogos e a gamedev, acabamos esta semana criando a lista do GDJ CE[2] (Grupo de Desenvolvedores de Jogos do Ceará).

Faço o convite, se você curte ou se interessa por desenvolvimento de jogos e é do Ceará (Fortaleza ou interior) não deixe de participar da nossa lista em:
http://groups.google.com/group/gdjce

Espero ver todos lá

T+!
Vida Longa e Próspera!

———————————————-

Referência
[1]http://davidferreira-fz.blogspot.com/2008/04/gamedev-flisol-2008.html
[2]http://groups.google.com/group/gdjce

abr 192008
 
Conforme foi anunciado anteriormente[1], realizamos a migração do projeto PJMOO do CódigoLivre[2] para o SourceForge[3], com isso estamos disponibilizando as edições da primeira revista virtual brasileira sobre desenvolvimento de jogos, a “JogosPro e-Magazine” em nosso novo endereço[4]:

———————————————-

Referência
[1]http://davidferreira-fz.blogspot.com/2008/04/mudanca-de-wiki.html
[2]http://www.codigolivre.org.br
[3]http://www.sourceforge.net
[4]http://pjmoo.wiki.sourceforge.net/eBook_JogosPro

jan 182008
 

Blz!

Pessoal ontem conversando com um amigo de longa data (Alexandre “Alex_R”[2] Ribeiro Sá/Vortex Enterteniment), redescobri o GGE[1] – Great Games Experiment, um ponto de encontro internacional para jogadores, desenvolvedores e publicadores, onde é possível montar lista de seus jogos favoritos, os jogos que você jogou, publicar/divulgar seus jogos, montar grupos, conhecer pessoas é mais uma das famosas redes sociais só que o foco é “GAMES!”
Apesar de tudo envolver jogos, o negocio é levado a sério e as grandes produtoras, publicadores e os melhores profissionais do ramo estão lá!

Fica anotado para vocês esse grande ponto de encontro dos viciados e dos desenvolvedores de jogos.

Logo abaixo meus jogos publicados lá 😉

E caso estejam cadastrados lá não esqueçam de me adicionar [3], e participem dos grupos SDL Brasil[5], Portuguese Game Developers[6]

T+!
Vida Longa e Próspera!

———————————————-

Referência
[1] http://www.greatgamesexperiment.com
[2] http://www.greatgamesexperiment.com/user/alexandre
[3] http://www.greatgamesexperiment.com/user/davidferreira-fz
[4] http://www.greatgamesexperiment.com/group/gdj/
[5] http://www.greatgamesexperiment.com/group/sdlbrasil/
[6] http://www.greatgamesexperiment.com/group/PTGameDev/

jun 192007
 

Acompanhando pela lista dos estudantes de computação da UFC, a ALU-L[1], observei a criação inicial de um grupo de estudos em jogos, o qual prontamente chamou minha atenção, afinal é mais um canal para podermos trocar idéias, dicas e coisas relacionadas a desenvolvimento de jogos e jogos em si.

A iniciativa começou por uma campanha para eleição do nome do grupo, o qual ganhou a DoG (Developers of Games)[2] e depois a criação da lista no Google Groups.

Passada aquela euforia inicial, o grupo começou a se agitar, marcaram uma reunião presencial. Na reunião que não pude participar ficou decidido que o foco inicial do grupo seria C++ e SDL, logo minha área de interesse :), sendo lançado logo após essas decisões a campanha para motivação do pessoal com o objetivo de estimular o processo e/ou forçar o pessoal a correr atrás o desenvolvimento de demos, os quais seriam ou um pong ou um tetris.

Indo na empolgação da galera, acabei dedicando um tempo para a criação de um demo de pong, o qual depois comentarei mais a respeito.

T+!
Vida Longa e Próspera!

———————————————-

Referência
[1] ALU-L – http://alu.dc.ufc.br/cgi-bin/mailman/listinfo/alu-l
[2] DoG – http://groups.google.com/group/dog_?lnk=li&hl=pt-BR

maio 102007
 

Blz!

Pessoal como comentei anteriormente, fui convidado pelos amigos Erlon e Milton, para participar da Semana de Atualização Tecnológica da Faculdade FIC[1], palestrando sobre minha experiência com desenvolvimento de jogos para principalmente o pessoal da célula acadêmica de jogos.
Foi uma experiência bem interessante, e espero que as criticas e sugestões aqui comentadas sejam levadas de forma construtiva, pois meu intuito é divulgar essa arte e que cada vez mais pessoas levem a serio esta area, que as vezes é altamente marginalizada pela sociedade de por profissionais de T.I.
Cheguei na FIC por volta de 19:30hs me identifiquei para o pessoal da portaria, estacionei meu carro, tudo nos conformes, sem complicação ou enrolação, e me dirigi para os stands, já que estava acontecendo várias exposições de trabalhos das células e palestras.
Chegando no stand da célula acadêmica de jogos, demorei pra me identificar, fiquei olhando, tentando ver as coisas. Foi um pouco estranho, pois na verdade havia apenas duas pessoas as quais olhavam algumas animações 3D, e na outra máquina a qual ficava ligada a uma tv, passava uns vídeos de animação 3D e talvez alguma cena de jogos famosos, porém não era o que eu estava esperando, eu procurava ver o trabalho da célula, não importava pra mim se era um space invader em pascal modo ascii ou qualquer outra tecnologia, eu esperava ver trabalho das pessoas envolvidas, demos técnicos, modelagem e essas coisas, nesse ponto achei meio frustrante, pois buscava trocar experiência com as pessoas.
Passado alguns minutos me aproximeis das pessoas ali, e perguntei pelo meu contato, falaram que ele se encontrava na faculdade abrindo alguma palestra, e como havia combinado fiquei lá esperando por ele, e enquanto isso comecei a conversar com as pessoas da célula, e fiquei sabendo que esse era o segundo semestre da célula, e ainda estavam se estruturando, e só haviam produzido um jogo/demo em pascal, na linha do space invader (hehehe, comecei com um desses também 🙂 ), ou seja, fiquei curioso pra ver o trabalho, porém ele não estava disponível para ser mostrado :\, e que eles pretendiam então começar nesse semestre com mais força e ir pra plataforma #C com XNA, ambas tecnologias da Microsoft, nada contra o uso dessa tecnologia, porém, senti que talvez minha palestra fosse um pouco fora do foco deles, já que aderi a tecnologias e ferramentas em Software Livre, porém sou conhecedor de algumas tecnologias e ferramentas proprietárias, apenas não estão no meu foco no momento.

Fiquei curioso e perguntei pq, e ouvi algumas possíveis explicações sobre o motivo, o principal foi produzir para X-Box 360 e participar de concursos da própria Microsoft, atualmente estou por fora dos assuntos referentes a tecnologias de jogos dela, mas nada que uma consulta rápida aos meus amigos de plantão do msn/icq (É eu ainda uso ICQ!), que por sinal outro dia o AlexR, veio me perguntar justamente se eu tava trabalhando com #C e XNA :P, ele veio falar comigo sobre algumas experiências dele e etc, mas não vem ao caso agora 🙂 o AlexR ainda tem salvação ele assim como eu trabalha com diversas tecnologias sem frescura e da seus passos com Softwares Livres 🙂

Voltando ao caso do stand, e assim fiquei alguns minutos conversando com as pessoas lá, porém ainda não havia me identificado a eles que era quem ministraria a palestra sobre jogos, e fiquei tentando coletar informações, afinal estava em um ambiente “novo” no qual não conhecia ninguém e acabará de descobrir que o que iria apresentar em termos de ferramentas tecnologicas não eram as mesmas pretendidas pelo publico presente, e ficasse aquela sensação na palestra de que não teria proveito para eles.
Alguns minutos depois o meu contato chegou, me apresentei e ele me apresentou para as pessoas falando que eu iria palestrar sobre jogos para eles e que eu precisava fazer a instalação de alguns softwares para a palestra, e sendo assim fui encaminhado a um das duas máquinas que eles estavam e comecei o trabalho, comecei a tarefa de instalação das ferramentas (recebi até a visita de antigos colegas de trabalho da SEAD 😛 ), e pra variar, tive problema na máquina que havia sido designada pra instalação, ela não reconheceu meu mp4 onde estava minha palestra. Acabei trocando de máquina, e dessa vez o problema foi o CD, levei uma cópia do CDLivre[2] e deu problema, justamente na instalação do BrOffice :\, por sorte o Henrique (senão me falha minha péssima memória pra nomes) passou e tinha por obra do destino, no seu pendriver o OpenOffice :), pronto fui salvo, porém, pra variar depois veio o problema com arquivos pdf (que infelizmente nem acabei mostrando) e que novamente o Henrique tinha a solução :)).
Depois de passar por todos os problemas que eu tentei contornar, porém os contornos tiveram seus problemas, consegui instalar tudo, e no final fui demonstrar o SpaceShooter[3] ainda no stand, ele era o astro da palestra, e pra minha surpresa antes disso, muitas das pessoas da célula acadêmica, que moravam longe e pq a palestra iria ser muito tarde, disseram que infelizmente não poderia ir, mas acabaram sendo estimuladas a ir, não sei se foi a demonstração do SpaceShooter que chamou os olhares curiosos deles ou alguma outra força superior que temos nas faculdades 🙂

E assim pegamos o equipamento, digo o pessoal da célula acadêmica pegou, pois a equipe de suporte estava ocupada, e levaram por quatro andares de escada o micro. Eita coragem desse pessoal 🙂

Chegando na sala, a palestra anterior ainda estava em curso, e por coincidência era ministrada por um ex-chefe meu da Sead, conhecido na FIC como professor Arnoudo( foi ele que abriu algumas portas pra mim aqui no ceará, só pra citar, eu vim com a cara e coragem de brasília, sem emprego em vista, larguei o TSE e vim, 4 meses depois estava na Sead). Esperei mais alguns minutos e então pude me preparar pra palestrar…
E pra completar a noite como não poderia deixar, deu problema no teclado… foi trocado, depois deu problema no mouse… sendo resolvido comecei a palestrar.
Fiquei surpreso pela quantidade de pessoas num horário tão tarde, a palestra estava prevista para as 21:00hs porem comecei perto das 21:50hs o que levaria seu termino para próximo das 23hs e como todos sabemos a grande maioria dos estudantes moram longe da faculdade e andam de ônibus, pelo menos essa foi minha realidade 🙂 e acredito que a da maioria das pessoas.
E comecei… o tempo foi passado, algumas perguntas surgiram e fui dando continuidade, foi uma das melhores palestras que ministrei, o pessoal realmente estava atendo e curioso e talvez pensando se o que eu estava mostrando não era arcaico e pudesse ser aproveitado nas tecnologias ou desejos deles, foi realmente muito produtivo e pra fechar fui executar o SpaceShooter, e mais uma vez… fui pego de surpreso, o jogo abortava na passagem da primeira fase… (só mostrei a primeira, a mais simples e paia :\), pedi desculpas ao pessoal e quando notei as horas, eram mais de 23hs a palestra tinha consumido quase uma hora e meia ou mais, e mesmo assim as pessoas permaneciam, foi realmente uma experiência gratificante que valeu a pena todos os problemas e que como mencionei estou a disposição para trocar experiências e poder passar a experiência que tive a sorte de adquirir ao longo do tempo, apesar de não ser muita, acho que sempre existe alguma coisa que pode ser aproveitada 🙂
Espero que o que citei seja visto como critica construtiva se for o caso, pq não tenho o que reclamar, foi só uma maré de sorte invertida, e espero que possa surgir outras oportunidades para troca de experiências com as pessoas interessadas em desenvolvimento de jogos aqui no ceará, independente da plataforma, linguagem ou tecnologia o que vale é a vivencia, as amizades e o conhecimento 🙂

Vida Longa e próspera!
Meus parabéns e obrigado ao Milton e o pessoal da Célula Acadêmica de Jogos, por acreditarem nesse universo e apostarem suas fichas 😉 e precisando estamos a disposição 🙂

[1]http://www.fic.br
[2]http://cdlivre.codigolivre.org.br
[3]http://pjmoo.codigolivre.org.br/wiki/index.php/SpaceShooter

maio 102007
 

Blz!

Foi lançada no final de Abril a quarta edição em caracter especial da revista eletronica PDJZine[1], a qual tem como foco o desenvolvimento de jogos.
Nesta edição especial temos um materia falando sobre o Concurso GPC2006 (Game PDJ Contest 2006)[2], o qual foram avaliados diversos jogos/demos da comunidade de diversos níveis divididos em algumas categorias (web, 2d, 3d, mobile), e tive o prazer e honra de voltar mais uma vez a ajudar a comunidade do PDJ. Só pra conhecimento:
Fui durante muito tempo (de 2000 a 2004) ligado, diretamente as comunidades online(PDJ 2000, ArsLudica, PDJ “o retorno” e Unidev), porém foi no ArsLúdica que alguns meses depois passou a ser o PDJ “o retorno”, que pude de fato desempenhar papeis mais participativos e gerenciais, inclusive fui um dos principais administrares, articuladores e desenvolvedores para manter e o sistema online de fórum e portal, além de desenvolver diversas melhores e integrações entre os dois.

Voltando ao assunto, pude nesta segunda edição do concurso, participar junto com amigos de longa data(do inicio das comunidades brasileiras de desenvolvimento de jogos), como jurado e avaliar os jogos na categoria 2D.

Foi uma experiencia muito boa, e tinha realmente alguns demos muito bons, quase prontos para se tornarem jogos de fato, porém faltava detalhes como inimigos, efeitos sonoros, controle de menus e etc, coisas que “contornam” os jogos para os usuários(jogadores) ou que oferecem uma maior imersão na fantasia do jogo, mas que pelo nível dos demos seriam facilmente implementadas.

Espero poder participar do próximo contest ou como jurado ou como competidor 🙂
E com relação a PDJ fiquem ligados, que parece que vem muitas novidades!

[1]PDJZine – http://www.pdj.com.br/pdjzine/
[2]GPC 2006 – http://www.pdj.com.br/forum/viewtopic.php?t=6347

abr 222007
 
Blz! Amigos neste sábado, dia 28 de Abril de 2007 as 10:00 horas, estarei novamente palestrando sobre Desenvolvimento de Jogos Livres no FLISOL (Fortaleza-CE).
Apesar de já ser uma palestra clássica, pois sempre apresento ela nos eventos de Software Livre, ela sempre tem novidades, tanto é que dessa vez ela terá duração de aproximadamente duas horas. Espero agora poder concluir sem pressa todo o conteúdo, abordando os diversos temas, os quais são Jogos Livres, Comunidades, Programação, Arte Livre, Bibliotecas, Concursos e no final apresentar ainda outros materiais como alguns demos, e-books da jogospro e da pdjzine.
Se você curti programação, quer iniciar no mundo dos jogos, não custa nada colaborar com uma boa causa e fazer sua inscrição nas palestras do FLISOL por apenas 2 quilos de alimento ou cinco reais.

Mais informações em:
http://www.psl-ce.softwarelivre.org/flisol/index.php/FLISOL_2007