abr 102007
 

Blz!

Amigos é com imenso prazer que agradeço a todos aqueles que mesmo sem me conhecer pessoalmente, tiveram manifestações construtivas a respeito do projeto CDLivre, porém, escrevo esta carta pois na verdade apesar de tanta alegria e satisfação, também tenho muita tristeza por comentários, emails e muitas outras coisas que vi na Internet nesses últimos dias, gostaria assim de vez por todas esclarecer diversos pontos e aqueles que me vêem com olhos negativos com impressões duvidosas que reflitam um pouco e pensem…

CDLivre, o projeto começou meio que por acidente em 2006, com a sugestão de um amigo do PSL-CE, com isso corri durante algumas semanas para catar aplicativos para ms-windows que fossem livres e que pudessem completar o dia-a-dia do usuário de computador, como foi tudo feito nas pressas, lancei um post na lista do PSL-CE, e metemos a mão no wiki do FLISOL (PSL-CE)[1], consegui com ajuda de várias pessoas, fechar uma listagem de programas e fazer uma rápida descrição de cada um, categorizando-os em algumas áreas. Com isso comecei a fazer o download de quase 700 mb para ir colocando no CD, e tendo o trabalho de baixar, instalar e testar software por software e verificar se o mesmo era de fato software livre, ou seja, como tudo foi feito nas ‘coxas’, o cd era na verdade apenas um ‘disco’, com diretórios e um arquivo PDF contendo as descrições. Dessa forma foi lançado o CDLivre 1.0, o qual tive sérias dúvidas se realmente deveria levar para um evento de software livre, principalmente pq na minha visão não seria bem visto pelas comunidades locais de Linux.

No dia do FLISOL, peguei apenas 10 cópias do CDLivre e levei para o evento, achando até que era uma quantidade grande, pois tinha o receio das comunidades não se agradarem por ter a distribuição de software que fosse para outra plataforma, mas muito me surpreendi quando vi que a procura foi tanta que as pessoas estavam procurando o CDLivre, e rapidamente a 10 cópias que levei esgotaram, foram em torno de umas 40 a 50 cópias contabilizadas (tivemos problema com a contabilidade), e as comunidades cediam suas máquinas para gravação de mídias, isso de fato acabou fazendo com que eu tivesse uma idéia diferente da coisa toda, me levando então a melhorar o CDLivre.

Após o evento, comecei então a maratona de torna-lo acessível a qualquer pessoa, não só as pessoas aqui do Ceará, que participaram do evento, mas para qualquer um, e comecei com o registro do projeto no CódigoLivre[2], porém já havia um projeto lá com esse nome, ele tinha sido registrado há mais de um ano por outra pessoa, a qual por questões pessoais não deu continuidade ao seu projeto, e cedeu o repositório para mim, fiquei muito satisfeito tanto é que publiquei uma notícia sobre isso[3].

Comecei então tentando colocar o CDLivre na Internet para que as pessoas de outras cidades pudessem obtê-lo, foi assim que muito sofridamente no meu trabalho na época consegui fazer o upload de 67 arquivos, pois enviar a iso de forma única era complicado, pois sempre dava falha no finalzinho do upload, o que me forçava a deletar o arquivo e recomeçar (não havia suporte a resume), desisti dessa alternativa, pois meu velox 256 não era rápido o suficiente para tentar tal proeza em casa sem haver timeout. Acabei desistindo do método de fatiar o iso, pois houve muitas reclamações das pessoas tentando baixar 67 arquivo dizendo que não era pratico.

Em outubro haveria o 3FCSL (3° Fórum Cearense de Software Livre), e comecei a preparar o CDLivre 1.1 pois estava envolvido com outros projetos, inclusive havia me aproximado mais da comunidade do PSL-CE, e com base no autorun utilizado pelo ubuntu, comecei a montar o do CDLivre, o qual acabou ficando versionado para a versão 1.1.0.

Agora de forma antecipada tentei colocar o CDLivre na internet, usando o emule e o bittorrent[4], tentei deixar minha máquina por alguns dias servindo os arquivos, porém a procura foi baixa, pelo que vi, menos de 5 downloads foram feitos pelo bittorrent e provavelmente quem baixou não sabia o que era, pois segundo os clients os usuários eram todos de fora do país, fiquei nessa tentativa durante umas 6 a 8 semanas, e como eu só tem uma máquina e todos aqui em casa usavam não era pratico para eles usarem com o ‘peso’ extra desnecessário, e acabei desistindo dessa alternativa.

E o pior de tudo, apesar de ter atualizado o CDLivre 1.1.0, acabei nem levando ele para distribuir no installfest do 3FCSL, primeiro fiquei desmotivado com alguns problemas interno das comunidades em relação ao evento. Depois veio o fator tempo, entre tentando ajudar a organizar o evento e palestrar, acabou de vez me consumindo.

Em 2007, não querendo repetir meus erros do passado, me concentrei no mês passado (fev/março) a de fato fazer realmente o CDLivre 2.0, e tentar garantir que ele estivesse disponível para as pessoas poderem copia-lo no FLISOL, servindo até de propaganda para fazer as pessoas a comparecer ao FLISOL de suas regiões, então novamente lancei mensagens para a comunidade, e comecei a montar a seleção de aplicativos, comecei a baixa-los e a completar as descrições que as pessoas me mandavam, porém para fazer isso tive que usar minha horas de folga, ou seja, como todo e bom voluntário tive que abdicar dos meus horários de sono e lazer para fazer algo que julgava ser mais importante e que fosse talvez num sonho ou ideal utopista ajudar as pessoas, não sei se por ser fã de StarTrek, ou por ter de fato me identificado com a filosofia do Software Livre, penso as vezes grande demais, e coloco os outros acima de mim mesmo, tentando fazer uma pequena parte, para que um dia, um mundo feito de pequenas partes seja realmente muito grande e melhor para todos os seres. (as vezes eu viajo legal…)

O fato que aconteceu, como o tempo está correndo e como sei que não daria para transformar minha máquina em servidora (http, torrent, emule/lmule) e etc, acabei optando pela solução inicial mais fácil e pratica, pois em 5 dias qualquer pessoa do Brasil poderia ter 2 CDs (quase 1400mb) em casa, sendo assim, fui na quinta feira (05/04/2007) ao shopping iguatemi (fortaleza) enviar uma cópia do CD sem custo para o pessoal do FLISOL de Santos, já que foram o primeiro a entrar em contato comigo e avaliar quanto sairia para mandar os cds para qualquer pessoa no Brasil, comecei então minha jornada.

  1. Chegando ao Shopping, fui aos correios, em frente tem uma loja de miudezas e lá tem envelopes, pedi um que coubesse os 2 cds, saiu por R$0,50, pode ser que alguém ache caro, porém, eu com meu tempo apertado, não tenho como ir em outros locais para pesquisar preço.
  2. Coloquei os cds que havia gravado na noite anterior, pois fui do trabalho pro shopping, cerca de uns 10 km) e lá enfrentei uma fila de umas 15 pessoas, de forma paciente e com toda a calma, pois sabia que o que estava passando na fila tinha motivo, e que era algo que seria esquecido quando visse(soubesse) que no FLISOL as pessoas estavam satisfeitas com o CDLivre. Chegou a minha vez quase 45 minutos depois (não sei pq eu levo menos de 3 min, e tem gente que fica quase 10 min num caixa), e fui me informar, fiquei sabendo que os cds dentro do envelope pesavam aproximadamente 66 gramas, e que para enviar até 100 gramas o custo era de R$3,99. Pois bem feito isso postei o envelope como carta registrada.
  3. Fui ao Extra, que sempre costuma ter cds de uma qualidade aceitável e preços acessíveis, lá encontrei dois que variam as vezes de R$ 0,89 a R$0,99 que são o Faber-Castell e o EMTEC, passei para as pessoas o valor de R$1,00 pois sempre compro esses CD’s e vejo que tem uma durabilidade boa, não queria enviar para as pessoas cd’s que possam nem funcionar após a gravação.
Sendo assim, estimei os custos para o envio do CDLivre no valor de R$5,50(Quando for apenas 1 CD) e R$ 6,50(Para os 2 CD’s) ou seja, é um valor que cobria as despesas com mídia e postagem, não tem como eu tirar lucro disso, e possivelmente vocês devem saber que qualquer CD que o pessoal vende não sai por menos de R$10,00. O ponto é, eu quero que as pessoas tenha acesso ao CDLivre porém não é justo pra mim arcar com tudo sozinho, será que minhas horas de sono e lazer seriam tão baratos ao ponto de que se eu fosse “VENDER” o CDLivre cobrasse a quantia de apenas R$ 06,50?, fico triste é com isso, de pessoas acusando eu estar vendendo o CDLivre para obter lucro, como se eu fosse viver de vender um lance desses, e pra essas pessoas eu aviso que não preciso vender cd pra viver e nem muito menos uso o Software Livre para me promover, sou funcionário de uma empresa pública, ou seja, sou concursado(Analista de Sistemas), não estou no mercado querendo aparecer pra empresas, e nem querendo aparecer pra minha empresa pois ela não apóia o uso de software livre, pelo menos até onde sei.

E o CDLivre não está na Internet pq não tenho como coloca-lo e nem acho justo eu ficar pagando para enviar o CDLivre pra todo mundo que queira, e em nenhum momento eu disse que o CDLivre não possa ser replicado ou colocado na Internet, se alguém o fizer eu agradeço e até coloco o link no site. Teve até uma pessoa que queria que eu enviasse 4 pares de cds para ele, e falei que não valeria a pena, que seria melhor pegar só os dois e replica-los.

Agora pergunto a você que teve a paciência de ler esse meu relato e desabafo, você acharia justo trabalhar feito um condenado pra montar algo para outras pessoas usarem, colocar seu sangue, noite de sono e seu lazer e ainda ter que pagar pra poder entregar na porta das casas de cada um? Software livre é ser escravo de ideais? ou é garantir a liberdade de escolha das pessoas? Não é atoa que por causa de pessoas com visões pouco claras existe muitas piadas do tipo: “Tu é besta, faz as coisas de graças pros outros”, “Software Livre é coisa de estudante, ninguém leva isso a sério”, “Software Livre é coisa pra quem quer aparecer”, “O bom do Software Livre é ver as brigas, só tem criança querendo virar profissional”

Tem horas que começo a pensar se realmente estou investindo meu tempo, esforço e força vital em coisas que realmente valem a pena….

Vida Longa e Prospera…..

[1]http://www.psl-ce.softwarelivre.org/flisol/
[2]http://www.codigolivre.org.br
[3]http://listas.softwarelivre.org/pipermail/psl-ce/2006-March/002988.html
[4]http://www.fulldls.com/downloading_app_23496
[4]http://codigolivre.org.br/frs/download.php/5032/CDLivre_v1.1.0.iso.torrent

Veja Links relacionados ao CDLivre:
http://davidferreira-fz.blogspot.com/search/label/CDLivre
http://www.psl-ce.softwarelivre.org/flisol/index.php/CDLivre
http://cdlivre.codigolivre.org.br

  8 Responses to “CDLivre: Carta a Comunidade de Software Livre”

Comments (8)
  1. Não desista nunca.Os comentários que você ouviu são de gente pequena, que não tem nada na cabeça exceto detonar àqueles que fazem algo correto, por mais idealista que pareça.Sua atitude é louvável e digna de nota. Parabéns! Não desista!Dica: se alguém quer ter o CD “de graça”, responda educadamente que todos os programas que vc oferece no CD estão disponíveis gratuitamente na Internet pra download.Dica 2: mantenha os links para esses programas atualizados na sua página.Dica 3: coloque esta dica no seu site.Um abração!

  2. Primeiramente, parabéns pelo seu projeto. Eu mesmo me adentrei no mundo do Software Livre e posteriormente no Linux através de softwares como esses, no Windows.Quanto ao espaço, acho que você consegue esse espaço no Source Forge, GNA ou no Código Livre, onde você já tem outros projetos.Se não nesses lugares, eu tenho certeza que existe algum lugar com espaço e banda para projetos de Software Livre.Teria sido mais estratégico para seu projeto ter conseguido esse espaço antes de começar uma divulgação maior do projeto. Mas tudo bem, gerir um projeto tem desses deslizes ;)Mais uma vez, parabéns, e boa sorte!

  3. Blz!O fato não é conseguir espaço, o código livre da isso, porém o problema é envia-lo e administra-lo, é complicado manter arquivos grandes demais lá.Como eu já mantenho diversos projetos no CódigoLivre e como tento valorizar as iniciativas nacionais nem passou pela minha cabeça hospeda-lo no sf.E a razão pela qual eu não investi tempo tentando publicar na internet primeiro, foi pra evitar os ‘deslizes’ anteriores os quais não proporcionaram que as pessoas tivessem o CDLivre no momento que desejavam.

  4. Cara sua atitude é o espírito do SL/CA, continue assim. Abraços e se precisar de algo estou a disposição.lpgpalmeida@gmail.com

  5. Cara, e se você tivesse lucro, qual é o problema? Nem relógio trabalha de graça. Quem falou mal é por que é incapaz de fazer o que você fez. Mande este povo para aquele lugar. Divulgue o seu projeto e venda os seus cd’s, ou a energia no seu estado é grátis?Parabéns, não se deixe abater por esta mentalidade medíocre, típica de piá pançudo.

  6. david,caso interesse eu posso hospedar uma página do seu projeto com links patrocinados e com a imagem para downloads.Apesar de eu não precisar e não utilizar windows no meu cotidiano tenho certeza que o uso de SL em qualquer SO aproxima as pessoas da idéia de termos bons softwares e por um valor justo. qq coisa entre em contato: wandersonsreis *at* gmail *dot* com

  7. opa, blz? (so eu o cidoloco heheh)cara eu achei legal tua iniciativa de criar o cd, e sei como é dificil criar algo e nao poder colocar na internet depois por causa da conexaoessa iniciativa é ótima, principalmente por se tratar de um pacote de software pra windows, em que as pessoas conhecem pouco as alternativas livres pois elas geralmente são ofuscadas pelos programas pagoscara tu nao tem que dá muito ouvido pras criticas… isso é normal, fala mal dos outros sem nem sabe o que tá acontecendo é fácil qualquer um faz isso.. já fz algo como o q tu fez é outra historia, nao é qualquer um que tem animo pra leva até o fim um trabalhao desses. tem q ignora quem fala mal de maneira destrutiva e valoriza apenas as criticas construtivas e os elogios..bom, eu só nao pedi o cd porque nao uso windows hehehe =-Pé isso mew, não desiste blz?flwz! =D

  8. Antes de tudo, parabéns pela iniciativa! Atitudes como a sua, direcionada ao grande público sempre atrai elogios e críticas por todos os lados, em especial da minoria dos ortodoxos do software livre, esta última. Um projeto assim se vc levar a sério pode agregar valor ao seu currículo. Entretanto, todos tem suas dificuldades, então lastime-se menos e faça mais do que vc consegue!

 Leave a Reply

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

(requerido)

(requerido)